Brasileiros ficam feridos após bombardeio no sul do Líbano

Anderson Souza

Três brasileiros, uma mulher e seus dois filhos, ficaram feridos após um ataque a bombas no sul do Líbano, neste sábado, 1º de junho. A informação foi confirmada pelo Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty), que ainda investiga a origem do ataque.

Siga nosso Instagram @blogdoandersonsouza

PUBLICIDADE

Fatima Boustani, de 30 anos, seus dois filhos e outros familiares estavam em sua casa na cidade de Saddikine quando foram atingidos por bombas. A brasileira sofreu ferimentos graves na cabeça e precisou passar por uma cirurgia. Ela segue internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital na cidade de Tiro, com estado de saúde considerado gravíssimo.

A filha de 10 anos de Fatima também foi ferida, com um corte profundo na perna. Ela também passou por cirurgia e está internada na UTI. O filho mais novo, de 9 anos, teve ferimentos leves e também está hospitalizado.

“Os médicos nos tranquilizaram sobre a condição dele, mas a situação da mãe ainda é crítica no momento”, disse Jihad Azzam, tio de Fátima, em entrevista à Folha de S. Paulo. Azzam ainda afirmou que a família foi atingida por um ataque aéreo israelense.

O Itamaraty confirmou que está prestando assistência consular aos brasileiros feridos e seus familiares. A Embaixada do Brasil em Beirute acompanha de perto o caso e está em contato com as autoridades locais para obter mais informações sobre o ataque.

PUBLICIDADE

A família de Fatima pede ajuda para custear as despesas médicas e pede que o caso seja investigado. “Estamos vivendo um momento muito difícil e precisamos de toda a ajuda possível”, disse Azzam.

Leia Também: Ativista ambientalista é presa após colar cartaz em quadro de Monet, em Paris

Compartilhe esta notícia
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.