Mais de 5,5 milhões de usuários do Android caem em armadilha; entenda

Anderson Souza

Mais de 90 aplicativos maliciosos foram identificados na Google Play Store, enganando milhões de pessoas. Segundo a empresa de segurança Zscaler, essas apps, que já somam mais de 5,5 milhões de downloads, se disfarçam de ferramentas inofensivas, mas na verdade instalam softwares maliciosos nos dispositivos.

Siga nosso Instagram @blogdoandersonsouza

PUBLICIDADE

Como funciona o golpe:

Aparência inofensiva: Os apps maliciosos parecem ser aplicativos comuns, como leitores de PDF, gerenciadores de arquivos ou ferramentas de otimização do sistema.

PUBLICIDADE

Falsa atualização: Após a instalação, os apps baixam e instalam softwares maliciosos disfarçados de atualizações.

Riscos para os usuários: Os malwares podem roubar dados pessoais, como senhas e informações bancárias, além de espionar a atividade do usuário e até mesmo controlar o dispositivo.

A Zscaler alerta para os perigos dessa nova onda de ataques:

Múltiplas regiões: Usuários de Android em todo o mundo estão em risco.

Downloads expressivos: O número de downloads das apps maliciosas demonstra a escala do problema.

Recomendações para se proteger:

Baixe apps apenas de fontes confiáveis: Dê preferência à Google Play Store, mas fique atento às avaliações e comentários de outros usuários.

Verifique as permissões dos apps: Antes de instalar, confira quais permissões o app solicita. Se algo parecer estranho, desconfie.

Mantenha o sistema e os apps atualizados: As atualizações frequentemente incluem correções de segurança para vulnerabilidades exploradas por malwares.

Utilize um antivírus confiável: Um antivírus pode detectar e remover malwares do seu dispositivo.

Leia Também: Computador durando mais? Dicas para evitar hábitos que o prejudicam

Compartilhe esta notícia
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.