Palmeiras enfrenta Criciúma na primeira partida sem o brilho de Endrick

Anderson Souza

A partir deste domingo, o torcedor do Palmeiras começa a se acostumar com a realidade de não ter mais Endrick em campo para abrilhantar as atuações alviverdes. Como está suspenso no Brasileirão, o garoto despediu-se no empate sem gols com o San Lorenzo pela Libertadores, rumo ao Real Madrid, e não estará em campo para enfrentar o Criciúma, às 16 horas, no Heriberto Hülse, pela sétima rodada do campeonato nacional.

Siga nosso Instagram @blogdoandersonsouza

PUBLICIDADE

A delegação alviverde viajou para Criciúma sem outra de suas grandes estrelas, Abel Ferreira, que está suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo, assim como o preparador físico João Martins, normalmente substituto do treinador. O auxiliar Vitor Castanheira é outro suspenso, por expulsão.

Os cartões foram distribuídos na derrota por 2 a 0 para o Athletico-PR, dia 12, antes da paralisação do Brasileiro por mais de duas semanas em razão das enchentes no Rio Grande do Sul. Diante de tantas baixas na comissão técnica, o Palmeiras até registrou Carlos Martinho, outro auxiliar português da equipe, no BID. A súmula será assinada por ele ou por Andrey Lopes, auxiliar fixo do clube.

PUBLICIDADE

Agora sem Endrick, o Palmeiras tem outros xodós para se apegar, embora possa não ser por muito tempo. Estêvão está acertado com o Chelsea, mas tem pelo menos mais um ano na Academia de Futebol, já que está com 17 anos e só completa 18, idade mínima para transferências internacionais, em abril de 2025. Já Luís Guilherme, outro que traz brilho aos olhos palmeirenses, tem 18 anos e pode partir em breve para o West Ham.

Os dois foram titulares na quinta-feira, contra o San Lorenzo, em partida na qual o time paulista não mostrou seu melhor futebol. Até por isso, alterações não estão descartadas. O certo é que Flaco López não poderá assumir o papel de referência no ataque porque está suspenso. Mayke é desfalque pelo mesmo motivo.

Do outro lado, o Criciúma, que briga para não entrar na zona de rebaixamento, vem para a partida com foco total no Brasileirão, depois de ser eliminado pelo Bahia na Copa do Brasil.

A última lembrança do time catarinense na competição de pontos corridos, antes do adiamento das rodadas, é boa: uma goleada por 4 a 0 sobre o Vasco, com show do francês naturalizado congolês Bolasié, que tem conquistado torcedores de todos os clubes por sua irreverência em campo e carisma fora dele.

Preocupado com o fato de enfrentar um dos times mais badalados do País, o técnico Claudio Tencati fechou os treinos a partir da sexta-feira. Ele deve continuar sem contar com o meio-campista Fellipe Mateus, que ainda se recupera de uma lesão no joelho.

Leia Também: Meia do Dortmund vê Vini Jr e Bellingham como candidatos a melhor do mundo

 

Compartilhe esta notícia
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.