Câncer: Kate Middleton enfrenta novo desafio que atrasa sua recuperação

Anderson Souza

Kate Middleton, de 42 anos, está enfrentando um momento extremamente difícil em sua vida devido à ausência do príncipe William, de 41, enquanto ela luta contra o câncer. A princesa de Gales tem se mantido longe dos holofotes durante o tratamento, sentindo-se “culpada” por não cumprir seus deveres reais.

Siga nosso Instagram @blogdoandersonsouza

PUBLICIDADE

Segundo o Radar Online, enquanto o príncipe William está ocupado com suas obrigações reais, Kate tem lidado com a doença sem a presença constante do marido. Ela revelou seu diagnóstico de câncer no final de março, após várias especulações sobre sua saúde e seu casamento.

A situação tem gerado grande pressão sobre a família real, especialmente com o rei Charles também enfrentando um diagnóstico de câncer. Fontes relataram ao Radar Online que a “culpa por suspender seus deveres reais e a ausência do marido” têm prejudicado a recuperação de Kate. Ela se sente ainda mais culpada porque Charles, que também está lutando contra o câncer, continua a cumprir suas obrigações.

A ausência de William, que está frequentemente longe de casa, agrava a situação de Kate. Embora a mãe dela, Carole Middleton, esteja ajudando a cuidar das crianças, a falta de William torna tudo mais difícil. Kate foi honesta com o marido sobre a pressão que está sentindo. Ele tem sido solidário, insistindo que ela se concentre em sua recuperação sem se preocupar com os deveres reais.

Apesar do apoio de William, Kate tem questionado seu valor para a família real e sua identidade sem seu título, entrando em momentos de crise emocional. No entanto, ela entende que sua saúde precisa ser a prioridade. A decisão de se manter afastada dos holofotes pode ser chocante para alguns, mas Kate quer garantir que estará presente para apoiar sua família e a coroa por muito tempo.

PUBLICIDADE

Em 17 de janeiro, o Palácio de Buckingham anunciou que o rei Charles havia passado por um “procedimento corretivo” em Londres devido ao aumento benigno da próstata. Charles ficou internado por três dias e recebeu alta no dia 29 daquele mês, após uma cirurgia bem-sucedida. Durante o tratamento, foi identificado um tipo de câncer, e ele tem recebido cuidados desde então.

No dia 30 de abril, Charles retornou à vida pública, com o Palácio de Buckingham destacando que futuros compromissos seriam adaptados para minimizar quaisquer riscos à sua recuperação contínua. Além do monarca, Kate também foi diagnosticada com câncer e está passando por quimioterapia preventiva. Em reconhecimento, ela foi agraciada pelo rei com o título de Companheira Real da Ordem dos Companheiros de Honra.
 

Leia Também: Príncipe William atualiza estado de saúde de Kate Middleton: ‘Ela está bem’

 

Compartilhe esta notícia
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.