IGP-M acelera a 0,89% em maio, após alta de 0,31% em abril, afirma FGV

Anderson Souza

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) acelerou a 0,89% em maio, após alta de 0,31% em abril, informou nesta quarta-feira, 29, a Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador cai 0,34% nos últimos 12 meses. No ano, o índice acumula alta de 0,28%.

Siga nosso Instagram @blogdoandersonsouza

PUBLICIDADE

O resultado ficou acima da mediana de 0,82% das estimativas na pesquisa do Projeções Broadcast, cujo intervalo ia de 0,34% a 1,03%.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M) acelerou de 0,29% em abril para 1,06% nesta leitura. Com o resultado, o indicador de preços no atacado cai 1,73% nos 12 meses encerrados em maio. Em 2024, o índice cai 0,42%.

PUBLICIDADE

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC-M) avançou de 0,32% em abril para 0,44% em maio. O índice sobe 2,96% em 12 meses e tem alta de 2,17% no ano. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M) acelerou de 0,41% para 0,59% no período e acumula alta de 3,68% em 12 meses e de 1,69% em 2024.

No IPC-M, cinco das oito classes de despesa que compõem o índice registraram aceleração no período: saúde e cuidados pessoais (0,63% para 0,78%), educação, leitura e recreação (-1,37% para 0,13%), transportes (0,24% para 0,66%), despesas diversas (0,18% para 0,20%) e comunicação (0,16% para 0,58%).

Em contrapartida, outras três classes de despesa recuaram no período: alimentação (0,83% para 0,51%), habitação (0,54% para 0,29%) e vestuário (0,05% para -0,58%).

Influências

As principais pressões para cima sobre a inflação ao consumidor em maio partiram de gasolina (0,30% para 1,70%), aluguel residencial (1,75% para 1,23%), cebola (14,93% para 11,49%), plano e seguro de saúde (0,65% para 0,65%) e etanol (2,64% para 5,26%). Em contrapartida, puxaram o índice para baixo banana prata (1,63% para -12,87%), tomate (16,19% para -2,12%), tarifa de ônibus urbano (0,19% para -0,80%), blusa feminina (0,65% para -1,69%) e aparelho telefônico celular (-0,31% para -0,62%).

 

Compartilhe esta notícia
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.